Posts

O que são Operadores do Aplicativo

Operadores do Aplicativo são todos os usuários que receberam permissão para creditar pontos ou validar cupons. Toda empresa participante pode ter mais de um operador. Assim que uma empresa participante é cadastrada pelo Administrador, ele poderá selecionar um ou mais usuários para se tornarem Operadores daquele estabelecimento, recebendo então permissões a mais em seu login e senha de acesso. Veja na imagem abaixo um exemplo:

A vantagem de se usar mais de um Operador para cada empresa participante é principalmente a capacidade de monitorar o desenvolvimento de sua equipe, estabelecer metas, controlar quantos pontos cada um creditou no final do mês.  Da mesma forma podemos acompanhar quantos cupons foram validados por cada um deles separadamente.

Os planos estão divididos pela quantidade de Operadores, então se você contratar um que contenha 20, poderá criar um programa de pontos com 20 empresas participantes contendo 1 operador em cada uma delas. Ou então, em um outro cenário, poderá ter 4 empresas com 5 Operadores em cada uma delas, o Administrador que decide a estrutura do seu programa de pontos e a forma como vai organizar seus usuários.

Para compreender ainda mais como o Administrador irá cadastrar as Empresas participantes e como irá vincular um usuário para que seja um Operador, Verifique nosso Wiki.

O que são Empresas Participantes

Empresas Participantes, são todas as Empresas credenciados pelo Administrador que farão parte do programa de fidelidade, seja creditando pontos toda vez que o Cliente for até alguma destas empresas comprar, seja trocando pontos toda vez que o Cliente desejar resgatar. As Empresas parceiras podem ser chamadas de Franqueados, Credenciados, Parceiros, Lojistas, Etc, o nome definido a esta relação pode ser configurado pelo Administrador do programa de fidelidade e pode receber o nome que for apropriado para o projeto.

Estrutura interna para gestão das Empresas participantes

Inicialmente, enquanto houver um número reduzido de Empresas, a estrutura interna do programa de fidelidade deverá estar preparada para atender à rede que será pequena, bastando ser composta por profissionais com perfil multidisciplinar, que conheçam os objetivos do projeto e que sejam capacitados para Operar o programa de fidelização.

Desde o primeiro momento, a gestão de um programa de fidelidade tem necessidades distintas da operação própria do Administrador do programa e sua estrutura interna precisará ter algumas áreas fundamentais para atendimento as Empresas participantes, como: operações, marketing, administrativo e financeiro.

Mesmo havendo a contratação de consultoria especializada para a formatação de um programa de fidelidade, caberá ao Administrador e sua equipe todo o trabalho de gestão, incluindo a captação e seleção de Empresas participantes.

O programa de fidelidade envolve a oferta de um grande número de ofertas, prêmios e serviços as Empresas participantes presenciais ou à distância. Não basta conhecer a operação do programa. O suporte inclui atividades que a operação própria não exige, como os que envolvem o treinamento das Empresas participantes e sua equipe, a implantação do sistema, monitoramento e suporte à Empresa.

Algumas dessas funções poderão ser realizadas pelo Administrador e por funcionários que atuem na Empresa participante, mas a estrutura interna deverá aumentar de acordo com o crescimento do programa de fidelidade e junto a necessidade de manutenção da qualidade no atendimento as Empresas participantes e os Clientes. É importante que este cenário esteja bem desenhado antes de iniciar a implementação de um programa de fidelidade.