Vender muito não é vender bem

Pode parecer sinônimos, não é? Mas a verdade é que são coisas bem diferentes. Vender de uma forma inteligente não é apenas trocar um serviço/produto por dinheiro. A venda tem outros objetivos além de si mesma.

Objetivos da venda

A retenção de clientes é um objetivo da venda. É preciso que o cliente retorne e indique a sua oferta. Uma empresa sobrevive bem quando existem clientes fixos. Isso provoca uma estabilidade.

Imagine um empresa que em um mês vende para 45 clientes, no outro vende para 120 e, ainda, no outro mês, vende para 33 clientes. Isso gera instabilidade em todo o negócio. Esse picos provocam muita insegurança  e ansiedade em todos os colaboradores.

Então, aquele mês que vendeu para 120 clientes, não representa a empresa. Não seria melhor vender nesses três meses pra uma média entre 60 e 70 clientes? Isso é estabilidade, dá perfil para a empresa, os colaboradores sabem o que esperar e se sentem mais seguros.

O que não é vender bem?

Vender para pessoas erradas é um problema. Você precisa entender e conhecer o seu público. Muitas pessoas ficam desesperadas para vender e acabam buscando o público errado, porque ele compra mais rápido. Isso pode causar diversos prejuízos.

Por isso, defina muito bem o seu publico alvo e invista nele. As pessoas erradas não fidelizam e, se a empresa não tem perfil para atendê-las, ainda sairão insatisfeitas. Isso ainda pode afetar a imagem da empresa, até mesmo para o público alvo.

Como fazer isso?

Essas instabilidades de vendas geralmente acontecem quando a empresa investe em determinadas promoções, para atrair pessoas que se aproximam da empresa apenas pelo lucro. As promoções devem ser voltadas ao publico alvo, com o objetivo de apresentar os produtos/serviços. Não são para tapar buracos financeiros.

Estude sobre Leads e aprenda a definir a persona da sua empresa. Assim, vai conseguir atrair as pessoas certas!

Há 9 meses atrás
Facebook Twitter YouTube LinkedIn Instagram