5 mitos sobre a fidelização de clientes

Alguns mitos podem atrapalhar demais a sua empresa se você acreditar neles! Muitos profissionais não alcançam sucesso e ficam estagnados por acreditar que estão fazendo a coisa certa, mas não têm sorte.

A fidelização de clientes é um processo que tem suas próprias características e desafios. Por isso, é preciso estudá-la antes de começar a trabalhar nisso. A seguir, veja os principais mitos que podem atrapalhar suas fidelizações.

1. Quanto mais melhor!

É claro que a quantidade importa, mas é a qualidade do cliente que determina o sucesso do programa de fidelização. Por exemplo, é mais vantajoso ter 2 clientes com um ticket médio de 200 reais do que ter 5 clientes com um ticket médio de 40 reais.

Outra observação importante para fazer é escolher clientes que consigam construir um envolvimento emocional com o negócio. Dessa forma, eles irão vestir a camisa da empresa e realizar indicações.

2. Vender no e-commerce sem investir

O espaço online também custa dinheiro e algumas pessoas acreditam que podem ter bons resultados evitando esse investimento. Assim, nem sempre o espaço virtual é mais barato que o espaço físico.

Além de ter seus custos, ele exige uma expertise específica para atingir o público correto. Isso pode envolver a contratação de profissionais especializados na área.

3. Fidelizar é fácil

Algumas pessoas pensam que basta o cliente gostar da loja que voltará. Porém, o caminho da fidelização é mais longo que esse. Certamente, você não fidelizou ou indicou todas as lojas que já gostou.

Isso acontece porque as pessoas elegem as suas preferidas. Isso sim é fidelização! Não é apenas ser boa, é ser a preferida. Para alcançar isso é essencial desenvolver estratégias que produzam um diferencial.

4. Começar vendendo o que está em alta

Não basta vender o que parece estar em alta no mercado, é preciso ter conhecimento do produto para passar segurança ao cliente e oferecer algo de qualidade.

Se você colocar algo legal na prateleira será apenas mais uma loja fazendo isso. Para vender, o conhecimento do vendedor a respeito do produto faz muita diferença.

5. Não precisa incentivar o cliente

Boas campanhas e promoções são cruciais para atrair clientes. O programa de fidelização também exige um investimento de tempo e dinheiro para alcançar os clientes ideais. O cliente não tem interesse genuíno de fidelizar, esse interesse deve ser despertado pela empresa.

 

Há 26 dias atrás
Facebook Twitter YouTube LinkedIn Instagram