4 regras para ter um bom programa de fidelidade

Essas regras vão te ajudar a construir um programa de fidelização mais sólido e atraente. Comece pela base, organizando tudo o que vai fundamentar as outras estratégias. Se o fundamento estiver bem definido, será mais confiável ser mais ousado para se destacar dos concorrentes. Veja o que você deve priorizar a seguir.

Regra 1: Simplicidade

As pessoas esperam algo fácil, que possam fazer brevemente, sem se preocupar com quanto tempo ou esforço precisarão investir na atividade. Por isso, é muito importante que todo o processo do cliente seja simples, desde as promoções até o layout do aplicativo. É muito importante que tudo seja bastante intuitivo.

As cores devem ser sempre confortáveis e as palavras bem adequadas ao vocabulário do seu público. Todo anúncio deve ser direto e claro, apontando para o benefício do cliente. Quando mais familiar e simples for ao cliente, mais chances têm de fidelizar.

Regra 2: experiências marcantes

O seu cliente sempre vai lembrar da empresa com carinho se for surpreendido. As surpresas podem acontecer a qualquer momento e de forma simples também. É muito importante que as surpresas combinem com a empresa e também com a necessidade dos clientes. Porém, além disso, vale a pena lembrar-se de utilizar os 5 sentidos dos seus clientes para que a experiência seja completa.

Regra 3: Novidades

Periodicamente é importante que a empresa agregue benefícios e melhorias ao seu programa de fidelização.  Essas mudanças devem ser permanentes para que os clientes confiem no progresso da empresa e, consequentemente, permaneçam com a esperança de um futuro ainda melhor. Isso serve de estímulo ao cliente que já é fiel, para que continue no programa e o indique naturalmente aos seus amigos.

Regra 4: Valorize o perfil do cliente

Seu cliente quer se sentir especial e faz parte do seu trabalho garantir que isso aconteça. Por isso, faça o possível para conhecer o perfil dele: o que ele gosta de comprar, quando compra mais, o que mais precisa, para qual motivo, o que valoriza… Tudo isso fará diferença  quando você precisar definir qualquer tipo de benefício ou interação.

Quando aplicar as regras?

Todas essas regras devem ser aplicadas juntas, elas formam uma rede de segurança para o programa de fidelidade. Você também pode vê-las como 4 pilares que vão sustentar todo o mais que será construído em cima. O ideal é que isso já esteja planejado no início do projeto. Mas, para fazer isso, é muito importante conhecer o perfil do seu cliente.

Há 4 meses atrás
Facebook Twitter YouTube LinkedIn Instagram

Baixe nosso E-book Grátis